:: Projectos e Clubes •> Ciência Viva

Projectos e Clubes:

Ciência Viva


Projecto

Título do projecto: Formigas LONGEVA
Título do Projecto em Inglês: LONGEVA ants

Dados do Coordenador

Nome: Guilherme Silva
Email: Silva.gom@hotmail.com
Projectos semelhantes: Coordenador do Projecto LONGEVA - CV 1825

Dados do Projecto

Resumo: Algumas biomoléculas prolongam a vida das leveduras e possuem um efeito positivo no tratamento de doenças associadas ao envelhecimento. A técnica LONGEVA permite identificar rapidamente tais moléculas. No projecto “Formigas LONGEVA” pretende-se testar novas moléculas num sistema biológico mais complexo - a formiga doméstica.
Resumo em Inglês: Some biomolecules extend yeast lifespan and have a positive effect in the therapy of aging associated diseases. The LONGEVA technique permits to identify rapidly such molecules. The aim of the project “LONGEVA ANTS” is to test new molecules in the ageing of a more complex biological system – the domestic ant.
Memória descritiva: Caracterização do projecto

Título:
Formigas LONGEVA

Objectivos e finalidades:

Com a finalidade de criar um espírito de investigação científica nos alunos do ensino Básico, o projecto “Formigas LONGEVA” engloba um conjunto de actividades experimentais inéditas para o estudo do efeito do stresse físico-químico e de alguns extractos vegetais na longevidade de Saccharomyces cerevisiae (levedura do pão) e na formiga doméstica. Deste modo, pretende-se que os alunos envolvidos no projecto (25 alunos do 7º ano de escolaridade) desenvolvam as seguintes competências específicas: Planificar, executar e desenvolver procedimentos laboratoriais e experimentais relacionados com o estudo do ciclo celular_ Analisar e interpretar dados de natureza diversa relativos ao efeito da temperatura e de algumas substâncias na taxa de reprodução, taxa de mortalidade, crescimento e longevidade em seres eucariotas_ Formular e avaliar hipóteses relacionadas com a influência de factores ambientais nos seres vivos_ Conceber, executar e interpretar procedimentos laboratoriais simples, de cultura biológica e técnicas microscópicas, conducentes a estudos em microbiologia_ Divulgar e partilhar informação com as comunidades científica e educativa em eventos organizados para o efeito.
Justificação da necessidade de apoio financeiro
Para a execução das actividades experimentais pelos alunos não existem equipamentos e consumíveis adequados na Escola. Todo o material necessário para a divulgação do projecto como posters científicos, panfletos, etc. envolvem um custo financeiro considerável. Também está previsto o transporte de alunos para a participação em eventos científicos e de divulgação de projectos.
Localização das actividades a desenvolver
À excepção das saídas de campo, todas as actividades experimentais realizam-se no Sala 13 do bloco A (Laboratório de Biologia) da escola Secundária/3 Pinhal do Rei.

Descrição das actividades, equipamento necessário e calendarização
Obtenção dos extractos vegetais (erlenmeyrs e varinha mágica) – Setembro de 2009.
Cultura de leveduras (tubos de experiência) – Outubro de 2009.
Recolha de formigas domésticas (caixas de manutenção de insectos) – Outubro de 2009
Execução da técnica LONGEVA (8 microscópios, azul de metileno e microondas) – Novembro de 2009 a Janeiro de 2010.
Experiências de resistência ao stress térmico nas leveduras e formigas (microondas) – Janeiro de 2010 a Abril de 2010.
Observação da taxa de mortalidade das leveduras e das formigas (microscópios e sistema de captação de imagem digital microscópica) – Abril de 2010 a Junho de 2010.
Caracterização da equipa.
Identificação da equipa:
Coordenador do projecto - professor Hamilton Ribeiro Correia_ coordenador do projecto LONGEVA – CV 1825_ 25 alunos do 7º ano de escolaridade. Ao coordenador cabe a tarefa de planificação e orientação das actividades. Os alunos executam as actividades experimentais.
Entidade proponente:
Escola Secundária/3 Pinhal do Rei – instituição de ensino público
Impacto esperado:
Promoção da cultura científica na comunidade escolar por meio de diversas formas de comunicação: apresentações orais_ comunicação social_ Internet_ congressos científicos.
Avaliação do impacto:
Nível de participação dos alunos no projecto_ visibilidade do projecto a nível nacional e internacional quantificável pelo número de citações em diversas fontes.

Orçamento: 3500 euros


Referências


Allard JS, Perez E, Zou S, de Cabo R. 2009. Dietary activators of Sirt1. Mol Cell Endocrinol. 299:58-63.

Howitz KT, Bitterman KJ, Cohen HY, Lamming DW, Lavu S, Wood JG, Zipkin RE, Chung P, Kisielewski A, Zhang LL, Scherer B, Sinclair DA.2003. Small molecule activators of sirtuins extend Saccharomyces cerevisiae lifespan. Nature. 425:191-196.

Keller L, Jemielity S.2006. Social insects as a model to study the molecular basis of ageing. Exp Gerontol. 41:553-556

Data de Início: 15-09-2009
Data de Conclusão: 18-06-2010

Objectivos Específicos

    Objectivo Qtd
    Saídas de campo 1
    Apresentação pública 3
    Ensaios experimentais 7

Equipa do Projecto

    Nome Entidade Email Telefone
    Hamilton Ribeiro Correia Escola Secundária/3 Pinhal do Rei hamilton.correia@clix.pt 244555170

População Abrangida

    Ano Escolaridade Qtd
    Comunidade 450
    7º Ano 25